Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos


Investigadores chineses desenvolveram uma fórmula de Inteligência Artificial Criminal, capaz de identificar crimes, punir os arguidos e premiar os juízes humanos com mais dias de férias...


O algoritmo criado tem uma percentagem de 97% de precisão na decisão da acusação!
Os restantes 3% ficam ao critério dum assistente humano que chegará a um veredicto, consoante a carinha laroca do julgado...

O diretor da Academia de Ciências da China, assegura haver só uma pequenina margem de erro!
A máquina pode identificar um delito e processar uma acusação, apenas com uma descrição verbal de uma ocorrência. Ou seja, alguém faz um relato e o VAR decide se a falta foi cometida na área de grande penalidade...

A investigação para a conceção do algoritmo, decorreu entre 2015 e 2020, avaliando paralelamente mais de 17 mil casos. A inteligência adquirida com estes processos, permitirá ao juiz robô tomar decisões instantâneas que não prescreverão, a não ser que alguém se tenha esquecido de o ligar a um cabo na noite anterior ao julgamento...

Os principais alvos deste advogado do tá calado teclado, serão crimes como roubo e extorsão, condução perigosa, obstrução à justiça e burlas em esquemas de jogo. No caso do crime de jogo ‘online’, poderá haver uma amnistia imediata, se o arguido já estiver sob suspeita controlada... 

A intenção da implementação desta tecnologia não é a substituição dos procuradores de justiça!
Com esta ferramenta criminal a tratar de infrações comuns, os juízes e magistrados poderão ocupar-se de processos mais complexos, como tirar as manchas encardidas dos colarinhos brancos...

Apesar de estarem reunidas todas as condições, para colocação desta tecnologia ao serviço da justiça, ainda existem muitas dúvidas na atribuição de responsabilidades, no caso de possíveis erros graves!
O responsável do projeto já veio a público dizer "Ah, isso agora já não é comigo!", enquanto o ministro da Justiça da China declarou veementemente numa conferência de imprensa: "Depois vê-se, não é que o criminoso vá fazer grande burburinho, depois da injeção letal..."

A opinião pública na China é consensual na aprovação deste recurso valioso ao serviço da justiça.
E não foi preciso haver nenhuma sondagem ou referendo. O algoritmo também já tinha essa informação, confirmada pela vigilância consentida das autoridades...  

A única certeza no meio desta incerteza ética, é o facto de a máquina não determinar o tempo de pena a aplicar ao culpado. A última decisão ficará sempre à responsabilidade de um humano, credenciado e legitimado para ouvir segundas opiniões e rever regularmente o seu extrato bancário, onde possam constar eventuais transferências bancárias para contas ‘offshore’ duma empresa que ele nunca ouviu falar...

(fonte da notícia: https://www.odditycentral.com/news/researchers-claim-to-have-developed-artificial-intelligence-capable-of-replacing-criminal-prosecutors.html)

2 comentários

  • Imagem de perfil

    HD 10.01.2022 20:53

    Temos de nos convencer que já faltou mais para acontecer... :-\
    Beijinhos e uma boa semana
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.