Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

O encerramento de salões de estética, devido ao confinamento, é literalmente uma situação cabeluda!
Que só as máscaras conseguem parcialmente encobrir! E apenas do nariz até ao queixo...

Muitas mulheres iniciaram formações autodidáticas para aprenderem a manusear cera quente.
As gillettes dos maridos agradecem, mas os filhos não esquecem os buços vermelhuços que lhes dizem para lavar os dentes antes das aulas online...

Mas as quebras das receitas em cosméticas, não abalam os padrões de beleza!
E "só uma mulher de barba rija, não é apanhada com a boca na botija..."

(fonte da imagem: https://www.cm-tv.pt/atualidade/detalhe/mulher-deixa-de-fazer-o-buco-e-arranjar-sobrancelhas-para-desafiar-padroes-de-beleza)

Eldina Jaganjac é uma mulher dinamarquesa que não cede à pressão da depilação e não se deita na marquesa para lhe desbravarem a certeza que é igualmente bela, de pelo na barbela...

Deixou de se submeter à tosquia facial, há cerca de um ano.
E desde aí, tem recebido insultos e críticas tanto por homens como por mulheres!
Todavia, os amigos não a julgam e convidam-na frequentemente para sessões de Netflix, com pausas para brincar aos cabeleireiros...

Já foi proibida de entrar em ginásios, por alegadamente, trazer o seu hamster escondido dentro das leggings...

Nas redes sociais, é motivo de chacota por parte de pseudopitas influencers e alvo de inveja de jovens imberbes que ainda nem sequer têm pelo na benta...

Indiferente às críticas e aos juízos de bolor, promete deixar crescer o buço, a monocelha e toda a pentelha, desde o primeiro uivo até à sua última lua cheia...

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.