Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Hetero Doméstico

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos

Insólitos insuflados com humor gourmet contrafeito e outros pitéus domésticos


(fonte da imagem: https://hauterrfly.com/lifestyle/this-man-married-the-same-woman-four-times-and-divorced-her-three-times-to-get-extended-paid-leave/)

Um noivo doido de Taiwan, casou 4 vezes e divorciou-se apenas 3 da mesma mulher, no mesmo mês, com licença de vencimento até ao próximo casamento...

O homem trabalha num banco e para espanto dos seus patrões, deu 4 lições de como fechar bons negócios com a conta-corrente sempre em aberto...

A entidade patronal apenas lhe concedeu os dias do primeiro casamento, mas foi obrigada a pagar-lhe os restantes dias depois do tribunal reconhecer que casar 4 vezes com a mesma mulher dever-lhe-ia dar já uma merecida reforma antecipada...

O recurso em tribunal ainda não deu razão ao banco que alega falta de ética e abuso do sistema!
As primeiras investigações sobre o caso, que começaram por inspecionar as transferências da empresa, deram à procuradoria nova certeza que o casamento é o menos importante neste caso...

Os amigos do casal já contestaram a legalidade da decisão, pois não querem gastar mais um tostão em roupas e prendas para o próximo casório...

Até o padre da freguesia se recusa a celebrar nova missa e é forçado a discordar da justiça, com a premissa que vários convidados já acampam na igreja e vão à sacristia para fazer a sua higiene pessoal...

Pouco que sabe sobre a ocupação da noiva recém-divorciada, até à próxima semana...
Calcula-se que passe os dias à espera do fim de semana para fazer a mala e tirar o vestido de noiva da corda de secar a roupa...

Desconhece-se se há nova lua de mel, cada vez que se casam, ou se já ficam de papo ao sol, na varanda de casa, sem obrigatoriedade de regressar ao teletrabalho... 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.